"O MAIOR ACERVO DA INTERNET DE FICHAS TÉCNICAS DE CAMPEONATOS NO BRASIL"
Veja o indíce dos Campeonatos clicando em http://indiceblogdomarcao.blogspot.com/
atualizado até dezembro de 2010

sábado, 27 de junho de 2009

RENDA E PUBLICO BRASILEIRO A/B/C

SÉRIE A
Sétima Rodada

Rendas

  1. Flamengo (3) R$ 1.815.667,00 R$ (605.222,33)
  2. Palmeiras (4) R$ 1.568.480,26 R$ (392.120,07)
  3. Atlético/MG (3) R$ 1.094.773,00 R$ (364.924,33)
  4. Corinthians (4) R$ 1.446.664,50 R$ (361.666,13)
  5. Grêmio (4) R$ 1.384.614,00 R$ (346.153,50)
  6. Internacional (3) R$ 902.255,00 R$ (300.751,67)
  7. Atlético/PR (4) R$ 1.124.340,00 R$ (281.085,00)
  8. Cruzeiro (4) R$ 1.056.101,64 R$ (264.025,41)
  9. Fluminense (4) R$ 823.534,50 R$ (205.883,63)
  10. São Paulo (3) R$ 564.282,00 R$ (188.094,00)
  11. Coritiba (3) R$ 544.710,00 R$ (181.570,00)
  12. Vitória (3) R$ 537.520,00 R$ (179.173,33)
  13. Santos (3) R$ 480.331,00 R$ (160.110,33)
  14. Goiás (4) R$ 583.505,00 R$ (145.876,25)
  15. Sport (4) R$ 511.442,00 R$ (127.860,50)
  16. Botafogo (3) R$ 371.156,00 R$ (123.718,67)
  17. Santo André (4) R$ 442.530,00 R$ (110.632,50)
  18. Avaí (4) R$ 322.155,00 R$ (80.538,75)
  19. Náutico (3) R$ 192.405,00 R$ (64.135,00)
  20. Barueri (3) R$ 165.870,00 R$ (55.290,00)
    Total (70) R$ 15.932.335,90 R$ (227.604,80)

Publico

  1. Flamengo (3) 102.432 (34.144)
  2. Atlético/MG (3) 81.756 (27.252)
  3. São Paulo (3) 72.349 (24.116)
  4. Internacional (3) 68.396 (22.799)
  5. Grêmio (4) 74.999 (18.750)
  6. Sport (4) 66.548 (16.637)
  7. Atlético/PR (4) 60.651 (15.163)
  8. Náutico (3) 44.666 (14.889)
  9. Fluminense (4) 59.246 (14.812)
  10. Palmeiras (4) 58.460 (14.615)
  11. Cruzeiro (4) 54.712 (13.678)
  12. Coritiba (3) 39.559 (13.186)
  13. Corinthians (4) 49.365 (12.341)
  14. Botafogo (3) 29.618 (9.873)
  15. Avaí (4) 38.919 (9.730)
  16. Santos (3) 27.391 (9.130)
  17. Vitória (3) 25.262 (8.421)
  18. Goiás (4) 30.024 (7.506)
  19. Santo André (4) 20.981 (5.245)
  20. Barueri (3) 8.803 (2.934)
    Total (70) 1.014.137 (14.488)

    Série B

Sétima Rodada

  1. Ceará (3) R$ 673.940,00 R$ (224.646,67)
  2. Vasco (4) R$ 816.270,00 R$ (204.067,50)
  3. Bahia (4) R$ 767.244,00 R$ (191.811,00)
  4. América/RN (4) R$ 431.875,00 R$ (107.968,75)
  5. Guarani (3) R$ 304.833,00 R$ (101.611,00)
  6. Vila Nova (4) R$ 359.825,00 R$ (89.956,25)
  7. Paraná (3) R$ 263.360,00 R$ (87.786,67)
  8. Ponte Preta (4) R$ 292.222,00 R$ (73.055,50)
  9. Campinense (4) R$ 220.113,00 R$ (55.028,25)
  10. ABC (3) R$ 151.680,00 R$ (50.560,00)
  11. Portuguesa (3) R$ 133.677,00 R$ (44.559,00)
  12. Atlético/GO (3) R$ 122.835,00 R$ (40.945,00)
  13. Fortaleza (4) R$ 163.310,00 R$ (40.827,50)
  14. Figueirense (4) R$ 162.996,50 R$ (40.749,13)
  15. Juventude (4) R$ 108.900,00 R$ (27.225,00)
  16. Ipatinga (3) R$ 42.745,00 R$ (14.248,33)
  17. Brasiliense (3) R$ 35.335,00 R$ (11.778,33)
  18. São Caetano (3) R$ 19.734,00 R$ (6.578,00)
  19. Bragantino (4) R$ 23.391,00 R$ (5.847,75)
  20. Duque de Caxias (3) R$ 1.895,00 R$ (631,67)
    Total (70) R$ 5.096.180,50 R$ (72.802,58)

Publico

  1. Ceará (3) 42.603 (14.201)
  2. Vasco (4) 39.165 (9.791)
  3. Bahia (4) 37.037 (9.259)
  4. América/RN (4) 30.336 (7.584)
  5. Guarani (3) 22.444 (7.481)
  6. Figueirense (4) 28.994 (7.249)
  7. Vila Nova (4) 22.792 (5.698)
  8. Paraná (3) 16.740 (5.580)
  9. Campinense (4) 21.194 (5.299)
  10. Ponte Preta (4) 20.454 (5.114)
  11. Brasiliense (3) 12.352 (4.117)
  12. ABC (3) 10.536 (3.512)
  13. Fortaleza (4) 13.686 (3.422)
  14. Portuguesa (3) 8.214 (2.738)
  15. Juventude (4) 10.438 (2.610)
  16. Atlético/GO (3) 7.524 (2.508)
  17. Ipatinga (3) 5.237 (1.746)
  18. São Caetano (3) 3.031 (1.010)
  19. Bragantino (4) 2.224 (556)
  20. Duque de Caxias (3) 390 (130)
    Total (70) 355.391 (5.077)

    Série C

Quarta Rodada

  1. Paysandu/PA (2) R$ 396.260,00 R$ (198.130,00)
  2. Rio Branco/AC (1) R$ 46.180,00 R$ (46.180,00)
  3. CRB/AL (1) R$ 43.350,00 R$ (43.350,00)
  4. Sampaio Corrêa/MA (2) R$ 68.479,50 R$ (34.239,75)
  5. Águia/PA (2) R$ 54.220,00 R$ (27.110,00)
  6. Mixto/MT (1) R$ 26.250,00 R$ (26.250,00)
  7. América/MG (2) R$ 40.970,00 R$ (20.485,00)
  8. Caxias/RS (2) R$ 40.636,00 R$ (20.318,00)
  9. Confiança/SE (2) R$ 38.827,00 R$ (19.413,50)
  10. ASA/AL (1) R$ 16.191,00 R$ (16.191,00)
  11. Brasil/RS (1) R$ 15.326,00 R$ (15.326,00)
  12. Gama/DF (2) R$ 29.353,00 R$ (14.676,50)
  13. Luverdense/MT (1) R$ 14.649,00 R$ (14.649,00)
  14. Salgueiro/PE (2) R$ 27.417,00 R$ (13.708,50)
  15. Criciúma/SC (2) R$ 22.280,00 R$ (11.140,00)
  16. Ituiutaba/MG (2) R$ 20.960,00 R$ (10.480,00)
  17. Icasa/CE (2) R$ 16.003,00 R$ (8.001,50)
  18. Guaratinguetá/SP (1) R$ 7.090,00 R$ (7.090,00)
  19. Marília/SP (1) R$ 6.198,00 R$ (6.198,00)
  20. Marcílio Dias/SC (2) R$ 8.256,00 R$ (4.128,00)
    Total (32) R$ 938.895,50 R$ (29.340,48)

Publico

  1. Paysandu/PA (2) 29.981 (14.991)
  2. Criciúma/SC (2) 9.717 (4.859)
  3. Caxias/RS (2) 8.415 (4.208)
  4. CRB/AL (1) 3.953 (3.953)
  5. Rio Branco/AC (1) 3.739 (3.739)
  6. ASA/AL (1) 3.402 (3.402)
  7. Águia/PA (2) 5.428 (2.714)
  8. América/MG (2) 5.307 (2.654)
  9. Mixto/MT (1) 2.650 (2.650)
  10. Sampaio Corrêa/MA (2) 5.130 (2.565)
  11. Confiança/SE (2) 5.092 (2.546)
  12. Salgueiro/PE (2) 4.633 (2.317)
  13. Brasil/RS (1) 2.307 (2.307)
  14. Gama/DF (2) 4.224 (2.112)
  15. Icasa/CE (2) 2.290 (1.145)
  16. Luverdense/MT (1) 1.063 (1.063)
  17. Ituiutaba/MG (2) 2.029 (1.015)
  18. Guaratinguetá/SP (1) 955 (955)
  19. Marília/SP (1) 937 (937)
  20. Marcílio Dias/SC (2) 1.504 (752)
    Total (32) 102.756 (3.211)

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Times de Santos

Eis os escudos de alguns times da cidade de Santos:




Santos Foot Ball Club - 1912




Santos Atlético Clube






Sport Club Americano






Clube Atlético Santista







Associação Atlética Americana






Brasil Futebol Clube






Clube de Regatas Vasco da Gama





Espanha Futebol Clube






Santos Futebol Clube - 1915





Associação Atlética Portuários de Santos







Santos Futebol Clube 1913/1914







União Futebol Clube - 1915


terça-feira, 23 de junho de 2009

RICARDO GOMES

Um pouco da carreira de Ricardo Gomes que será apresentado amanhã como novo técnico do “Tricolor mais querido do mundo”.

Como atleta:

- Iniciou sua carreira no Fluminense Futebol Clube do Rio de Janeiro, atuando no clube de 04/06/83, quando estreou contra o Hercílio Luz de Santa Catarina em um amistoso que terminou em empate sem gols, a 11/06/88, despedindo-se contra o Americano pelo Campeonato carioca com a derrota de 3 x 2. Entrou em campo com a camisa Tricolor por 201 vezes, obtendo 102 vitórias, 65 empates e 34 derrotas, tendo assinalado 12 gols. Nesse período conquistou um tricampeonato carioca (83/84/85) e o campeonato Brasileiro de 84.

- Nos períodos de 88/91 e 94/95 atuou pelo Benfica de Portugual, tendo conquistado o Campeonato Português nas temporadas 88/89 e 90/91 além da Taça de Portugual da temporada 95/96.

- Já no Paris Saint Germain atuou entre 91/94 e 95/96 conquistando o campeonato Francês de 93/94 e a Copa da França de 93 e de 95.

- Pela Seleção do Brasil atuou durante o período de 84 a 90, tendo participado de 45 partidas e assinalado 4 gols.



Como técnico:

- Iniciou sua carreira como técnico dirigindo o Paris Saint Germain de 96 a 98, conquistando a Copa da França em 98.

- No Brasil dirigiu inicialmente a equipe do Sport Clube Recife, estrenado em 14/08/99 com uma derrota para o Paraná Clube no Campeonato Brasileiro. Dirigiu a equipe rubro-negra por 15 jogos, com 3 vitórias, 6 empates e 6 derrotas. Despediu-se com um empate frente ao Coritiba em um a um.

- Em seguida dirigiu o Esporte Clube Vitória de Salvador dirigindo o time pela primeira vez 12/07/2000 na Copa dos Campeões contra o São Paulo Futebol Clube com um empate em zero a zero, ainda nesse torneio foi derrotado pelo mesmo São Paulo por 2 a 0. Dirigiu o time durante todo o campeonato Brasileiro, ficando o Vitória em décimo oitavo lugar com a seguinte campanha: 24 jogos, 9 vitórias, 5 empates e 10 derrotas. Em 17/01/2001 dirigiu o clube pela ultima vez na Copa do Nordeste no empate de zero a zero com o Sergipe.

- Dirigiu o Coritiba em 2001, estreando na derrota por um a zero frente à Portuguesa de São Paulo em 16 de agosto. Sua despedida do Coritiba se deu na derrota para o Fluminense do Rio de Janeiro por três a um em 23/09. Nesse período perdeu 6 vezes, empatou uma e obteve duas vitórias em 9 partidas.

- No Juventude de Caxias do Sul em 2002dirigiu a equipe no campeonato Brasileiro fazendo uma boa campanha terminando a fase de classificação em quarto lugar. Na faase final foi eleiminado pelo Grêmio de Porto Alçegre com um empate no Olímpico por 0x0 e uma derrota em Caxias por um a zero. No computo geral foram 27 partidas, 12 vitórias, 6 empates e nove derrotas.

- Dirigiu então a seleção Brasileira Pré Olímpica de 2002 a 2004, tendo protagonizado um dos maiores vexames quando da desclassificação da seleção para as Olimpíadas de 2004 num time que contava então com Robinho, Diego, Elano e Maicon, ficando em terceiro lugar atrás de Argentina e Paraguai..

- Volta ao Fluminense, agora como técnico, em 2004, estreando de forma desastrosa contra o CR Vasco da Gama em sete de março, perdendo por quatro a zero. Dirige a equipe até 15/8 quando obtem um empate de um tento frente ao Paysandu. No total foram 34 jogos com 12 vitórias, 11 empates e 11 derrotas. Sua equipe marcou 47 gols, sofrendo 51.

- Têm uma passagem meteórica pelo Flamengo do Rio dirigindo a equipe apenas duas vezes: 29/8/2004 1 x 0 frente ao São Caetano e derrota por um a zero frente ao Juventude de Caxias do Sul em 30/10.

- Dirige então o Bordeaux da França entre 2005 e 2007 obtendo um vice campeonato na temporada 2005/2006.

- Dirige então o Mônaco, ainda na França, de 2007 a 2009, conquista a Copa da Liga da França em 2007 e a Copa Leonardo da Vinci em 2006 (Quem entregou a Taça ? Mona Lisa ?).

- Finalmente chega ao “Tricolor mais querido do mundo”.



Fontes de consulta: Diário de São Paulo, Folha de São Paulo, Placar, fluzao.info, flamengo estatisticas.

segunda-feira, 22 de junho de 2009

RENDA/PUBLICO - BA - 2009

Rendas

  1. Bahia (13) R$ 4.740.420,00 R$ (364.647,69)
  2. Vitória (13) R$ 2.037.649,50 R$ (156.742,27)
  3. Fluminense (12) R$ 476.353,50 R$ (39.696,13)
  4. Vitória da Conquista (11) R$ 450.104,00 R$ (40.918,55)
  5. Atlético (12) R$ 398.133,00 R$ 33.177.75
  6. Itabuna (11) R$ 371.833,00 R$ (33.803,00)
  7. Colo Colo (11) R$ 302.968,00 R$ (27.542,55)
  8. Poções (11) R$ 256.630,00 R$ (23.330,00)
  9. Feirense (11) R$ 251.980,00 R$ (22.907,27)
  10. Ipitanga (11) R$ 241.623,00 R$ (21.965,73)
  11. Camaçari (11) R$ 235.355,00 R$ (21.395,91)
  12. Madre de Deus (11) R$ 163.865,00 R$ (14.896,82)
    Total (138) R$ 9.926.914,00 R$ (71.394,16)

    Publico

  1. Bahia (13) 186.134 (14.318)
  2. Vitória (13) 127.622 (9.817)
  3. Fluminense (12) 58.667 (4.889)
  4. Atlético (12) 56.473 (4.706)
  5. Vitória da Conquista (11) 50.555 (4.596)
  6. Itabuna (11) 46.946 (4.268)
  7. Colo Colo (11) 37.999 (3.454)
  8. Poções (11) 34.261 (3.115)
  9. Feirense (11) 34.180 (3.107)
  10. Camaçari (11) 30.133 (2.739)
  11. Ipitanga (11) 27.197 (2.472)
  12. Madre de Deus (11) 20.072 (1.825)
    Total (138) 710.239 (5.147)
Maiores Rendas
  1. R$ 951.280,00 - Bahia x Vitória

  2. R$ 936.680,00 - Bahia x Vitória

  3. R$ 712.820,00 - Vitória x Bahia

  4. R$ 626.130,00 - Vitória x Bahia

  5. R$ 573.630,00 - Bahia x Ipitanga

  6. R$ 400.480,00 - Bahia x feirense

  7. R$ 356.900,00 - Bahia x Atlético

  8. R$ 323.120,00 - Bahia x Poções

  9. R$ 306.460,00 - Bahia x Vitória da Conquista

  10. R$ 245.700,00 - Bahia x Fluminense

Maiores Publicos
  1. 35.000 - Vitória x Bahia

  2. 30.423 - Bahia x Vitória

  3. 30.015 - Bahia x Vitória

  4. 26.942 - Vitória x Bahia

  5. 19.435 - Bahia x Feirense

  6. 18.681 - Bahia x Ipitanga

  7. 17.436 - Bahia x Atlético

  8. 15.618 - Bahia x Poções

  9. 14.641 - Bahia x Vitória da Conquista

  10. 11.867 - Bahia x Fluminense

Menores Rendas


  1. R$ 385,00 - Feirense x Camaçari

  2. R$ 475,00 - Camaçari x Itabuna

  3. R$ 895,00 - Camaçari x Madre de Deus

  4. R$ 980,00 - Camaçari x Ipitanga

  5. R$ 1.460,00 - Feirense x Itabuna

  6. R$ 1.530,00 - Feirense x Atlético

  7. R$ 1.690,00 - Camaçari x Poções

  8. R$ 3.100,00 - Poções x Feirense

  9. R$ 5.107,50 - Fluminense x Vitória da Conquista

  10. R$ 5.480,00 - Madre de Deus x Itabuna



Menores Publicos


  1. 77 - Feirense x Camaçari

  2. 81 - Camaçari x Itabuna

  3. 136 - Camaçari x Ipitanga

  4. 142 - Camaçari x Madre de Deus

  5. 239 - Camaçari x Poções

  6. 292 - Feirense x Itabuna

  7. 302 - Feirense x Atlético

  8. 310 - Poções x Feirense

  9. 543 - Colo Colo x Vitória da Conquista

  10. 548 - Madre de Deus x Itabuna
















RENDA/PUBLICO - AL - 2009

Rendas
Corinthians (12) R$ 54.618,00 R$ (4.551,50)
ASA (13) R$ 164.249,00 R$ (12.634,54)
CRB (9) R$ 123.785,00 R$ (13.753,89)
Murici (10) R$ 24.980,00 R$ (2.498,00)
Igaci (8) R$ 36.758,00 R$ (4.594,75)
Coruripe (11) R$ 46.641,00 R$ (4.240,09)
CSE (9) R$ 41.351,50 R$ (4.594,61)
Ipanema (10) R$ 27.855,00 R$ (2.785,50)
CSA (9) R$ 173.604,50 R$ (19.289,39)
Capelense (9) R$ 23.550,00 R$ (2.616,67)
Total (100) R$ 717.392,00 R$ (7.173,92)

Publicos

Corinthians (12) 5.217 R$ (434,75)
ASA (13) 34.582 R$ (2.660,15)
CRB (9) 10.755 R$ (1.195,00)
Murici (10) 4.834 R$ (483,40)
Igaci (8) 4.374 R$ (546,75)
Coruripe (11) 8.451 R$ (768,27)
CSE (9) 9.029 R$ (1.003,22)
Ipanema (10) 5.902 R$ (590,20)
CSA (9) 19.555 R$ (2.172,78)
Capelense (9) 4.588 R$ (509,78)
Total (100) 107.287 R$ (1.072,87)


Maiores Rendas
  1. R$ 70.591,00 - CSA x CRB
  2. R$ 55.930,00 - CRB x CSA
  3. R$ 39.685,00 - ASA x Coruipe
  4. R$ 21.394,00 - Corinthians x CSA
  5. R$ 21.095,00 - CSA x Ipanema
  6. R$ 20.312,00 - CSA x ASA
  7. R$ 20.122,50 - CSA x Corinthinas
  8. R$ 18.540,00 - ASA x Corinthinas
  9. R$ 15.470,00 - CRB x CSE
  10. R$ 14.595,00 - CSA x Capelense

Maiores Publicos

  1. 8021 - CSA x CRB
  2. 5440 - ASA x Coruripe
  3. 4519 - ASA x Corinthians
  4. 3572 - CRB x CSA
  5. 3297 - ASA x Igaci
  6. 3175 - ASA x Ipanema
  7. 2765 - ASA x CRB
  8. 2591 - ASA x Murici
  9. 2532 - CSA x Ipanema
  10. 2526 - ASA x CSE

Menores Rendas
  1. R$ 237,50 - Murici x Ipanema
  2. R$ 385,00 - Corinthinas x Murici
  3. R$ 477,50 - Corinthinas x Capelense
  4. R$ 776,00 - Coruripe x Ipanema
  5. R$ 840,00 - Corinthinas x CSE
  6. R$ 880,00 - Corinthinas x Igaci
  7. R$ 1.010,00 - Murici x Capelense
  8. R$ 1.130,00 - Murici x Coruripe
  9. R$ 1.200,00 - Ipanema x Igaci
  10. R$ 1.205,00 - Capelense x CSE

Menores Publicos

  1. 67 - Murici x Ipanema
  2. 70 - Corinthinas x Murici
  3. 132 - Coruripe x Ipanema
  4. 134 - Corinthinas x CSE
  5. 139 - Corinthians x Igaci
  6. 154 - Corinthinas x Capelense
  7. 197 - Corinthinas x Coruripe
  8. 199 - Murici x Capelense
  9. 203 - Murici x Igaci
  10. 213 - Murici x Coruripe

sábado, 20 de junho de 2009

FUTEBOL EM SANTOS

Com pedidos de desculpas pela demora já que o Guilherme tinha me passado esse arquivo dia 12/6, vai aqui um breve histórico dos primórdios do futebol na cidade de Santos com a parceria do Walmir Gonçalves pesquisador do Santos FC.





O Futebol na cidade de Santos, dos primórdios à Vila Belmiro:

Neste texto, o leitor terá um breve histórico do futebol na cidade de Santos.
O surpreendente é que antes mesmo do 1º campeonato carioca (1906), disputava-se o 1º campeonato santista, em 1903; e com apenas dois anos de Campeonato Paulista (ou Paulistano), o futebol santista já disputava as seletivas ao torneio da Liga Paulista de Futebol.
Também surpreendente é saber que o Santos FC é fruto direto dos pioneiros do futebol na cidade: o CA Internacional e o SC Americano, o que explica o rápido desenvolvimento do Santos FC, disputando o campeonato da Liga Paulista com apenas um ano de vida e sendo campeão santista.

Este material só foi possível graças a primorosa colaboração do Walmir Gonçalves, que permitiu a construção do “quebra-cabeças” dessa fase histórica do futebol... Walmir, juntou dados, interpretou corretamente informações dispersas e deu forma ao texto. Coube a mim, acrescentar as fichas técnicas, escudos dos clubes e buscar informações complementares... enfim, o presente texto é fruto de um trabalho conjunto, de uma profundidade inédita, que certamente será de agrado àqueles que “curtem” a história do esporte que melhor representa a cultura popular brasileira (de um esporte que de e para a elite, virou um esporte das e para as massas populares). Esperamos que gostem.
Em tempo: Não será surpresa que deste texto, outros surjam (com informações inéditas, surpreendentes e polêmicas...). Boa leitura

Guilherme Nascimento
(atualizações em azul)


1902 -
Em 01/11/1902 na praia do Boqueirão ocorreu o 1º jogo de futebol na cidade de Santos.
Num campo de areia (100m x 70m), com arcos de bambu, 22 senhores, sem ao menos tirarem as gravatas, fizeram a 1ª partida de futebol em solo santista.
Presentes no campo, os pioneiros: André Peixoto Miller, Luiz Nery de Souza Jr., Roberto Muller, Francisco Salgado César, Raul Schmidt, Gil de Souza Rodrigues, Vitor Cross, Manoel Baraúna Nery, Teodoro Joyce, Quintino Ratto, Walter Grimsditch, Teodureto Faria Souto, Jonas da Costa Soares, Teodorico de Almeida, Eduardo Cunha Machado, Leão Peixoto de Mello, Lucas Fortunato, Francisco Martins dos Santos Filho, A. Werneck, Harold Cross, Agenor da Cunha Machado e João Mourão, sendo que Haroldo e Vitor Cross, Teodoro Joyce, Valter Grimsditch, Francisco Martins dos Santos Filho e Dick Martins (Henrique Porchat de Assis) – eram os únicos que conheciam o esporte

Em 07/11/1902: Fundação do C.A. Internacional (1º clube de futebol da cidade de Santos)

Em 15/11/1902, ocorre a 1ª partida contra atletas paulistanos:

C.A. Internacional 3 x 1 Combinado CA Paulistano, AA Mackenzie C e SC Germânia.
Local: Praia do Boqueirão
Gols: H.Cross (2) e W. Marsland (1) – gol do combinado não disponível.
CAI: J.Thompson; Walter Grimsditch e A. Trail; André Miller,Theodore Joyce e E.Cox; G.Gool, Charles Murray, W.Marsland, Lloyd e Harold Cross.

Harold Cross foi o autor do 1º gol no futebol santista. Lembrando que Harold Cross também defendeu o Santos AC e o Santos FC.

1903 –

As primeiras partidas do CA Internacional contra clubes:

CA Internacional 2x1 Combinado Paulistano
Data: 15/ março (14 horas)
Local: Praia do Boqueirão
Competição: amistoso
Árbitro: Cícero Lima
Gols: Joyce e Marsland (CAI) – Mesquita (CAY)
CAI: J. Thompson; Walter e Trail; André Miller, Joyce e Cox; Charles Murray, Vitor Cross, Marsland, Lloyd e Harold Cross.
Combinado: Armando Pedreira, Geraldo Toledo, Walter Jeffrey, dr. Armando Prado, Augusto Guerra, Mário Prado, Synésio Braga, Aristides de Castro, Jorge Mesquita, Álvaro Nogueira e Joaquim Prado

Cícero Lima (que atuou com árbitro), foi um dos fundadores do Santos FC, em 1912.

Em 22 de março, o CA Internacional enfrenta o Club Vicentino, em São Vicente, na praça do Monumento. Vitória do clube santista por 4x1.

Após uma cisão no Internacional, em 21/05/1903 é fundado o S.C.Americano (recebeu este nome porque a reunião realizou-se na casa dos Sr. Américo e havia americanos no grupo).

O Internacional inaugura seu campo na Av. Ana Costa:

C.A. Internacional 0 x 3 S.C. Germânia
Data: 28/06/1903
Local: Campo na Avenida Ana Costa
Competição: Inauguração do campo (gramado)

CA Internacional 0x1 CA Paulistano
Data: 07/ julho
Local: Campo da Avenida Ana Costa
Competição: Amistoso

Realiza-se o 1º Campeonato Santista de Futebol com os 1º e 2º quadros do C.A. Internacional e do S.C. Americano, anos mais tarde ocorreria algo parecido na cidade de Porto Alegre, entre Grêmio e Internacional.

O C.A. Internacional torna-se o 1º campeão santista da história.

1904 -

2º Campeonato Santista – C.A. Internacional sagra-se Bi-campeão santista.

Com a abertura de mais uma vaga na L.P.F. (Liga Paulista de Futebol), o CA Internacional disputou seletiva contra o A.A. das Palmeiras no campo do Velódromo, em São Paulo:

A.A. das Palmeiras 1 x 0 C.A. Internacional
Local: Velódromo
Competição: Seletiva para o Campeonato Paulista

O CA Internacional realiza excursão a cidade de Campinas.

1905 -

O CA Internacional e o SC Americano não chegam a um acordo sobre o local da decisão do 3º Campeonato Santista, o Internacional queria realizar a decisão em seu campo na Av. Ana Costa, mas o Americano queria decidir no campo da cidade de Guarujá (que coisa inusitada, não?). Como não houve disputa, o troféu foi entregue ao jornal A TRIBUNA de Santos.

Ficha da provável 1ª partida da série:
SC Americano 1x0 CA Internacional
Data: 24/12/1905
SCA: Durval Damasceno; Munhoz e Pinto; Antero, Américo e Chambá; Medeiros, Voss, Carlos, Fontes e Chico Martins.

O zagueiro Munhoz, é José Caetano Munhoz, que mais tarde foi dirigente do Santos FC, responsável pela vinda de Camarão, Siriri, Omar, Nabor e Abel (que eram jogadores do Brasil FC), para atuar no Santos, em 1923.

1906 -

Nova seletiva para ingresso no torneio da L.P.F., dessa vez com um primeiro jogo entre os santistas SC Americano e o CA Internacional para definir o adversário da AA Palmeiras.

S.C. Americano 0 x 2 C.A. Internacional
Data: 15/04
Local: Em Santos
Competição: Seletiva ao Campeonato Paulista
Com esse resultado o SC Americano foi eliminado e o CA Internacional foi decidir a vaga em São Paulo.

A.A. das Palmeiras 4 x 0 C.A. Internacional
Data: 22/04
Local: Velódromo
Competição: Seletiva ao Campeonato Paulista
AA das Palmeiras classificada.

1907 -

Com a saída de A.A. das Palmeiras e A.A. Mackenzie College, os dois clubes santistas ingressam no campeonato da Liga Paulista com seus 1º e 2º quadros.
SC Americano é reforçado com ex-footballers do Mackenzie e, surpreendendo a todos, sagra-se Vice-campeão paulista em seu ano de estréia.

Fichas das primeiras partidas:

SC Internacional (São Paulo) 1x1 SC Americano
Data: 12/maio
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: John Hamilton
Gols: Leônidas (SCI) – Eurico (SCA)
SCI: Osório; Gutta e Prado; Menje, J. Prado e Santos; Einfuhrer, Leônidas, Nestor, Ormundo e Quartin.
SCA: Durval; Pinto e Menezes; Belfort Duarte, Aquino e M. Paixão; Eurico, Américo, Firmo, Munhoz e Andrade.
Estréia do SC Americano no Campeonato Paulista

São Paulo AC 0x1 CA Internacional
Data: 13/ maio
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: Jorge de Miranda Junior
Gol: Harold Cross
SPAC: Charles Miller; B. Collins e P. Tomkins; Ford, Brotherwood e Stevand; Mac Gullock, Colston, Kearns, Williamson e A. M. Wilson.
CAI: Victor; J. Meech e O. Pillar; Badu, Argemiro e M Verdmassi; H. Crawshaw, A. Fontes, T. Cross, Chico e Haroldo Cross.
Estréia do CA Internacional no Campeonato Paulista

Clássico Santista no Velódromo:

SC Americano 1x1 CA Internacional
Data: 09/ junho
Competição: Campeonato Paulista
Árbitro: John Hamilton
Gol: Andrade (SCA) – Todd (CAI)
SCA: Durval; Pinto e Menezes; Maneco, Aquino e Braga; Eurico, Ambrósio, Firmo, Américo e Andrade.
CAI: Crawshaw: J. Meech e O. Pillar; Todd, Argemiro e M. Verdmassi; Victor, Ambrósio, Badu, Joãozinho e Haroldo Cross.

Campanha dos dois times santistas:
SC Americano:
1x1 SC Internacional; 2x1 SC Germânia; 1x1 CA Internacional; 2x0 São Paulo AC; 5x1 CA Paulistano; 3x3 São Paulo AC; 4x2 CA Internacional; 1x3 SC Internacional; 1x3 SC Germânia; 0x2 CA Paulistano
10 jogos, 4 vitórias, 3 empates, 3 derrotas, 19 gols a favor, 17 gols contra, saldo positivo de dois gols, ficando na segunda posição com o CA Paulistano (naquela época não haviam critérios para decidir quem seria o time mais bem colocado).

CA Internacional:
1x0 São Paulo AC; 0x3 SC Germânia; 1x1 SC Americano; 1x2 SC Internacional; 1x1 CA Paulistano; 1x5 SC Germânia; 2x4 SC Americano; 0x3 SC Internacional; 0x3 CA Paulistano;
10 jogos, 1 vitórias, 2 empate, 6 derrotas, 7 gols a favor, 21 gols contra, saldo negativo de 14 gols, ficando na sexta e ultima colocação.

O Americano viaja ao Rio de Janeiro/DF e realiza o 1º jogo entre santistas e cariocas.

Fluminense F.C. (Rio de Janeiro) 2 x 1 S.C. Americano
Data: 28/04/1907
Local: Laranjeiras (Rio de Janeiro)
Competição: amistoso
Partida disputada em dois tempos de 45 minutos
Árbitro: Frank Robinson
Gols: Jack Robinson aos 40' e aos 42', Américo aos 44'

Fluminense: Waterman; Victor Etchegaray e Salmond; Jack Robinson, Buchan e Gulden; Oswaldo Gomes, C. Robinson, Hargreaves, Emilio Etchegaray e Felix Frias.
Americano: Durval; Menezes e Pinto; Belfort, Aquino e Maneco; Munhoz, Américo, Firmo, Andrade e Enrico. (**)

(** )Fonte: Gazeta de Notícias, pág. 4, 29/04/1907, Pesquisa de Gunter de Moura Anglekorte, fornecida pelo Alexandre Magno Barreto Berwanger.

Esta seria sua única derrota contra times cariocas

Em setembro (09), seria a vez do CA Internacional enfrentar o Fluminense FC: 0x1, gol de Edwin Cox, para os tricolores cariocas, nas Laranjeiras.

1908 -

Realiza-se o 1º jogo da L.P.F. na cidade Santos, no campo do CA Internacional, na Av. Ana Costa, onde hoje está a Igreja Coração de Maria.
Neste ano a L.P.F. programou 3 jogos do CA Internacional em Santos. Seu rival, o SC Americano, cujo campo ficava onde hoje está o Terminal Rodoviário, não possuía arquibancadas.
Apesar do apoio da Liga promovendo jogos na cidade de Santos, o CA Internacional fez uma campanha sofrível e desencadeou uma forte crise interna, chegando a perder alguns jogos por desistência (WO) até mesmo em Santos.

C.A. Internacional 0 x 5 S.C. Internacional
Data: 12/07
Local: Av. Ana Costa (campo do CAI)
Competição: Campeonato Paulistano
Árbitro: Hermann Friese
Gols: Pedro (3), Ormundo e Leônidas (SCI)
CAI: Olyntho de Mendonça; E. Toledo e O. Pillar; J. Mitchel, Argemiro e Ambrósio; T. Cross, L. Barbosa, J. Monteiro, J. Esteves e A. Cross.
SCI: Osório; Leite e Miranda; J. Prado, Mário e J. Carvalho; Quartin, Leônidas, Pedro, Araújo e Francisco Vaz Porto.
1ª partida oficial de campeonato em Santos.

Campanha dos times santistas:
SC Americano:
2x2 SC Germânia; 4x0 CA Internacional (em São Paulo); 2x3 CA Paulistano; 1x0 SC Internacional; 2x2 SC Internacional; 4x1 CA Paulistano; 0x2 SC Germânia; Ganhou os pontos contra o São Paulo AC (turno e returno) e contra o CA Internacional (returno).
O SC Americano é novamente Vice-campeão paulista,desta vez empatado com o SC Germânia, conseguindo em 10 jogos, 6 vitórias, 2 empates e 2 derrotas, marcou 15 gols e sofreu 10, com saldo positivo de 5 gols.

CA Internacional:
0x1 São Paulo AC; 0x1 CA Paulistano; 0x4 SC Americano; 0x5 SC Internacional (em Santos); 0x2 SC Germânia; 0x1 SC Germânia (em Santos); Perdeu os pontos contra CA Paulistano, São Paulo AC, SC Internacional e SC Americano.
Sua campanha apresentou 10 derrotas, não assinalou nenhum tento e sofreu 14 gols, ficando em sexto e ultimo lugar.

Neste ano realizou-se o 1º confronto internacional do futebol santista, com a vinda da uma Seleção Argentina, que contava com cinco irmãos Brown.

C.A. Internacional 1 x 6 Seleção Argentina
Data: 14/07
Local: Av. Ana Costa (provável)
Gols: Argemiro (CAI) – não disponível os gols argentinos
CAI: Não disponível
Argentina: E. Brown; E.A. Brown e L. Burgos; P. B. Brown, Vernet Amadeu e R. Lennil; A. Susan (Dichnitou), R. S. Molbran, W. A. Campbell (L.A.Morgan), J. D. Brown e J.G.Brown.

O SC Americano forma um combinado com a AA Palmeiras e goleia o combinado Botafogo FC/ Paysandu Cricket C por 5x0, no Rio de Janeiro (Laranjeiras).

É fundado o São Vicente AC, que mais tarde seria um dos primeiros adversários do Santos FC. Nenhum vínculo com o atual São Vicente AC (fundado em 1950), originado do Feitiço AC (em homenagem ao grande futebolista, Feitiço)

1909 -

É fundado em Santos, o Santos F.C. fruto de mais uma cisão no C.A. Internacional.

No dia 13 de junho, esse Santos FC enfrentava o Rio Branco FC (de São Vicente), em São Vicente. O resultado não é conhecido, mas as equipes assim foram escaladas:

Rio Branco FC x Santos FC
Local: Campo do Rio Branco (São Vicente)
Horário: 15:00
RBFC: Divino; Pinto e Jesus; Tomás, Cunha e Agostinho; Eduardo, J. Inácio, Milon, Petit e Caucio.
SFC: Mindola; Largacha e Paz; Délio, Moura e Loyo; Pintanella, Picurú, Belmiro, Achiles e Edmundo.

Os atletas em itálico participaram da 1ª partida do atual Santos FC, em 1912.


O A.A. das Palmeiras reconcilia-se com a LPF e retorna ao campeonato. Com isso o S.P.A.C. e o C.A. Internacional (últimos colocados no ano anterior) são convocados a disputar um "seletiva" no campo do Velódromo para decidir quem ficaria com a última vaga do campeonato.

São Paulo A.C. 2 x 2 C.A. Internacional
Data: 21/04
Local: Velódromo
Este jogo teve uma prorrogação de 20 minutos e não houve alteração no placar, sendo necessária uma nova partida.

São Paulo A.C. 2 x 0 C.A. Internacional
Data: 03/05
Local: Velódromo
Com esse resultado o São Paulo AC assegurou sua vaga no Campeonato Paulista.

Este foi o derradeiro jogo do Internacional na Liga. Enquanto o 1º time santista de futebol despedia-se do Campeonato Paulista, o SC Americano preparava-se para se afirmar como uma das potências do futebol brasileiro.
Porém no ano de 1909, alcança apenas a 4ª colocação no Campeonato da Liga (entre seis participantes).
Campanha do SC Americano:
0x1 SC Internacional; 1x1 AA Palmeiras; 0x0 São Paulo AC; 0x1 AA Palmeiras; 1x4 SC Germânia; 2x1 CA Paulistano; 1x1 SC Germânia; 3x2 São Paulo AC; 1x1 CA Paulistano; 1x1 SC Internacional.
Conquistou em 10 jogos, 2 vitórias, 5 empates e sofreu 3 derrotas, assinalou 10 gols, sofrendo 13, obtendo um saldo de gols negativo de 3.
Após o jogo contra o SC Americano o SC Internacional foi eliminado do campeonato devido a atitudes agressivas de alguns dos seus jogadores contra o árbitro.
Neste ano, o SC Americano trouxe o jogador inglês Alex D. Hutchinson, que disputava o Campeonato Inglês da 1ª divisão (e o futebol era amador)

Mais um amistoso do SC Americano no Rio de Janeiro, um empate em 0x0 com o Fluminense FC, nas Laranjeiras.

1910 -

O C.A. Internacional encerra suas atividades. No mesmo ano o recém fundado Santos F.C., também encerra suas atividades sem que hajam registros de eventuais partidas.
O S.C. Americano, agora único clube de futebol da cidade de Santos, pela terceira vez é Vice-campeão paulista.

Campanha do SC Americano:
0x3 AA Palmeiras; 2x1 São Paulo AC; 4x0 CA Ipiranga (Estréia de Friedenreich); 1x2 CA Paulistano (Paulistano perdeu os pontos posteriormente); 4x2 SC Germânia; 1x4 AA Palmeiras; 3x2 SC Germânia; 4x1 São Paulo AC; 2x1 CA Paulistano; 4x2 CA Ipiranga;
Em 10 jogos, conquistou 8 vitórias sofrendo duas derrotas, marcou 25 gols, levando 18 com saldo positivo de 7 gols.

No dia 24 de abril, o jornal "Diário de Santos" noticia um amistoso entre o São Vicente AC e o "Santos Team", talvez seja o mesmo Santos FC que atuou entre 1909 e 1910, antecessor do atual Santos FC.
O São Vicente jogaria em seu campo, às 14:00, com a seguinte escalação;
Emmerich; Marques e Pinto; Agostinho, Cancio e Totó; Bento, Belmiro, Badú, Cunha e Manoelito.
O resultado não foi informado

1911 -

O SC Americano, único clube de Santos na Liga, pela quarta vez em cinco campeonatos é Vice-campeão paulista.
Seus sócios decidem mudar a sede para São Paulo para ter maior influência junto a "Liga", apesar de alegarem que seria devido a seus melhores "footballers" morarem em São Paulo.
Muitos sócios de Santos revoltaram-se contra esta decisão, entre eles Sizino Patuska (que foi o fundador do clube).

Campanha do SC Americano:
3x4 São Paulo AC; 4x0 CA Ipiranga; 2x1 CA Paulistano; 7x2 CA Ipiranga; 2x2 São Paulo AC; 7x2 SC Germânia; 3x2 CA Paulistano; 1x2 SC Germânia.
Resumo: 8 jogos, 5 vitórias, 1 empate, 2 derrotas, 29 gols pró (melhor ataque do campeonato), 15 gols contra, saldo de 11 gols. Décio do SC Americano foi o artilheiro do Campeonato Paulista com 9 gols.

O clube santista do S.C. Americano consegue a 1ª vitória internacional do futebol brasileiro.

S.C. Americano 3 x 0 Seleção Uruguaia
Data: 13/08
Local: Velódromo
Competição: amistoso
Gols: Décio (2) e Alencar.
SC Americano: Hugo; Itaborahy e Menezes; Otávio Campos, Arrizabalaga e Oscar Bastos; J. Pedro, Alencar, Décio Viccari, Octávio Bicudo e H. Ruffin.
Uruguai: Angel Allende; F. Crocker e E. Crocker; A. Bertone, Juan Bertone e C. Marques; Rebagliatte, Zumaran I, Zumaran II. Altamirano e A. Marques.

Após a temporada de amistosos dos uruguaios , o SC Americano “convenceu” os irmãos Bertone a atuar no clube... o futebol ainda era “amador”...

Em novembro, o SC Americano segue para o Rio de Janeiro e derrota o Botafogo FC por 3x2 (5 de novembro, no campo do Botafogo).
No mesmo ano, anteriormente, já havia vencido o Botafogo FC por 4x3 e 3x0, sempre no Rio de Janeiro, no campo do São Cristóvão.

Fundação do CR Vasco da Gama (12/02), clube dedicado ao remo, mas que chegou a participar do Campeonato santista de futebol no final dos anos 20.

1912 -

O SC Americano formando um combinado com o CA Paulistano, AA Mackenzie C e CA Ypiranga excursiona ao Rio Grande do Sul onde vencem todos os jogos inclusive a Seleção Gaúcha por 6x0.
Os jogos: 12/11 6x0 Rio Grande (em Rio Grande); 14/11 5x0 Bagé (Em Bagé); 15/11 8x1 Combinado Rio Grande/Bagé (Bagé); 17/11 7x0 Grêmio Rio grandense (em Rio Grande); 21/11 3x1 Grêmio (Em Porto Alegre) e 22/11 6x0 Seleção de Porto Alegre.

O time santista muda sua sede para São Paulo e causa uma cisão interna. Os muitos sócios que permaneciam em Santos, liderados por Raymundo Marques e Sizino Patuska e antigos sócios do Internacional fundam em 14/12/1912 um novo Santos F.C. na cidade de Santos. Vários "footballers" do SC Americano ingressam no time santista, que ocupou o campo da Av. Ana Costa, que pertencia ao Internacional, em seu 1º ano de existência.

No mesmo ano, o Santos F.C. realiza o primeiro jogo de sua história.

Santos F.C. 2 x 1 Combinado Santista
Data: 23/06
Local: Rua Aguiar Andrade (Vila Macuco)
Competição: amistoso (13:30)
Gols: Anacleto Ferramenta e Geraule - Pintanella
SFC: Julien Fauvel; Simon e Ari; Bulle, Ambrósio e Oscar; Bandeira, Geraule, Esteves, Fontes e Anacleto Ferramenta.
Combinado: Annibal; Pinto e Ernâni; Nenê, Picuru e Belmiro; Zezé, Largacha, Cunha, Moura e Pintanella.
Anacleto Ferramenta (ex- SC Americano) assinala o 1º gol santista. O “Combinado” era formado por ex-jogadores do extinto Santos F.C.

Em Santos, já havia um clube de Cricket chamado Santos A.C. (fundado em agosto de 1889) que assim como o São Paulo A.C., praticava o futebol apenas como laser. Com a extinção do CA Internacional muitos de seus atletas tentavam fortalecer o futebol no clube inglês e marcaram um jogo contra o recém fundado Santos FC, para ver quem de fato comandaria o futebol na cidade:

Santos F.C. 3 x 2 Santos A.C.
Data: 15/09
Local: Av. Ana Costa
Competição: amistoso (14:30)
Gols: Arnaldo Silveira (2) e Adolpho Millon – Lee (2)
SFC: Julien Fauvel; Sidnei e Arantes; Ernâni, Oscar e Montenegro; Millon, Hugo, Nilo, Simon e Arnaldo Silveira. (Belmarço jogou também)
SAC: Parsons; Kent e Deweck; Wood, Seddon e Lee; De Saone, Allen, V. Cross, H. Cross e ????

Este é considerado o 1º jogo oficial (contra um outro clube) do Santos F.C. que além de vencer o oponente, recebeu o ingresso de vários de seus jogadores, entre eles o pioneiro do futebol santista: Harold Cross (quis o destino que também marcasse o 1º gol na Liga Paulista). Arnaldo Silveira também era um ex-atleta do SC Americano.

O SC Americano finalmente é Campeão Paulista e sem perder nenhum jogo.
Campanha do SC Americano:
2x0 São Paulo AC; 3x2 AA Mackenzie;C 1x1 CA Paulistano; 3x0 CA Ipiranga; 1x1 SC Internacional; 2x0 SC Germania; 3x0 São Paulo AC; 2x0 CA Paulistano; 2x2 CA Ipiranga; 3x3 AA Mackenzie C; 3x0 SC Germãnia. Resumo: 11 jogos, 7 vitórias, 4 empates, 25 gols a favor, 9 contra, saldo de 16 gols.

Em 05 de setembro, a Seleção da Argentina bateu o SC Americano por 3x0, no Velódromo

O SC Americano conquista uma Taça Interestadual, no Rio de Janeiro, contra o tradicional Botafogo:

Botafogo FC 0x3 SC Americano
Data: 06/10
Local: Campo Público de São Cristóvão (Rio de Janeiro – DF)
Competição: Taça Interestadual
Gols: Eurico e Irineu (2)
Árbitro: Antônio Luiz Werneck
Auxiliares: Geraldo Genésio e Artur Cabral
BFC: Álvaro Werneck; Edgard Dutra e Edgard Pullen; Rolando de Lamare, Lulu Rocha e Juca Couto; Carlos Villaça, Abelardo de Lamare, Décio Viccari, Mimi Sodré e Lauro Sodré.
SCA: Hugo; Menezes e Itaborahy; Bertone II, Bertone I e Sebastião; Irineu, Eurico, Octávio, Alencar e Maurício.

No encerramento da temporada, o SC Americano venceu a Seleção da Liga por 5x3 (06/janeiro/1913)


1913 -

Ocorre uma cisão da L.P.F. com a criação da A.P.E.A. (Associação Paulista de Esportes Atléticos).
Por influência dos dirigentes do Americano, a “Liga” convida o Santos a ingressar no campeonato sem ter sequer de disputar uma seletiva (como ocorrera com o Internacional, e como fez o Corinthians que já tinha três anos de existência).

Pela L.P.F. Santos e Corinthians realizam o 1º jogo de sua história.

Santos F.C. 6 x 3 S.C. Corinthians Paulista
Data: 22/06
Local: Parque da Antártica Paulista
Gols: Millon (2), Urbano Caldeira, Arnaldo Silveira (2) e Nilo - Police (2) e Carmo.
SFC: Durval Damasceno; Sidney Simonsen e Arantes; José Pereira da Silva, Ambrósio da Silva e Ricardo Pinto de Oliveira; Millon, Nilo, Urbano Caldeira, Arnaldo Silveira e Haroldo Cross.
SCCP: Casemiro do Amaral; Fúlvio e Casemiro González; Policce, Alfredo e Lepre; Rodrigues, Carmo, Luis Fabi, Peres e Aristides.

Campanha do Santos
1x8 SC Germânia; 6x3 SC Corinthians P: 1x5 SC Internacional; 1x6 SC Americano;
Após a partida contra o SC Americano, o Santos FC desistiu de participar do campeonato, devido aos altos custos para atuar em São Paulo.
Na 1ª participação do alvinegro praiano, foram 4 partidas; 1 vitória e 3 derrotas; marcou 9 gols e sofreu 22 gols, com um saldo negativo de 13 gols.

Partida de estréia do Santos FC:

Santos FC 1x8 SC Germânia
Data: 01/06
Local: Parque da Antártica Paulista
Gols: Haroldo Cross – Vaz Porto (3), W. Gerhardt (3), Severino e Wiel
SFC: Julien Fauvel; Arantes e Pereira; Geraule, Ambrósio e Millon; Raymundo Marques, Nilo, Haroldo Cross, Urbano Caldeira e Arnaldo Silveira.
SCG: Lagos; Jaeger e Gellert; Amstetter, Vaz Porto e W. Gerhardt; Severino, Weil, Manne, Picagle e Baungartner.

O S.C .Americano sagra-se Bi-campeão Paulista invicto, conquista até hoje não igualada por nenhum clube paulista.

Campanha do SC Americano:
4x0 SC Germânia; 7x1 SC Corinthians P; 4x0 SC Internacional; 2x0 CA Ypiranga; 6x1 Santos FC; 3x0 SC Germânia; 1x1 SC Internacional; 2x2 CA Ypiranga; 1x1 SC Corinthians P;
Resuma da campanha: 9 partidas; 6 vitórias e 3 empates; 30 gols a favor e 6 gols contra, com um saldo positivo de 24 gols.
Décio (SCA) foi artilheiro do certame com 7 gols.

Empate ente o Selecionado Chileno e o SC Americano, 3x3:

SC Americano 3x3 Seleção do Chile
Data:
Local: Parque Antártica
SCA: Hugo; Chico Neto e Itaborahy; A. Bertone, J.C. Bertone e Sebastião; Irineu, Juvenal, Décio, Alencar e Mac Lean.
Chile: Paredes; Espíndola e Wittke; Abello, Gonzalez e Parra; Sepúlvida, Guzman, Peginato, Valenzuela e Espinosa.

Neste ano, o Americano chegou ao ápice de sua curta existência, sendo o 1º clube da historia do futebol brasileiro a realizar uma excursão internacional, indo ao Rio da Prata jogar contra as Seleções Argentina e Uruguaia. Teve a primazia de também conquistar a 1ª vitória do futebol brasileiro em solo estrangeiro (ainda mais contra os argentinos que sempre que aqui vinham davam lições de bola).

Seleção Argentina 0 x 2 S.C .Americano
Data: 10/08/1913
Local: Campo do Racing
Gols: Décio e Friedenreich
SCA: Hugo; Chico Netto e Menezes; A. Bertone, J. Bertone e Thiele; Formiga, Friedenreich, Décio Viccari, Alencar e Juvenal.

O time argentino era o mesmo dos irmãos Brown.

Nesta excursão o time santista jogou reforçado por Friedenreich e Formiga, jogadores do CA Ypiranga.

Para coroar o auge do time santista, o SCA teve entre suas fileiras Arthur Friedenreich considerado nosso maior jogador de futebol no amadorismo.

Outros resultados: 1x2 Uruguai (em 12/08, no Parque Central); 0x2 Argentina (em 17/08, no Campo do Gimnasia & Esgrima); e 2x4 Uruguai (em 25/08, no Parque Central).

Em Santos, surgem outros clubes de futebol (Brasil FC, em 21/08; América FC, em 01/09; o C Atlético Santista, em 07/09; CF Escolástica Rosa, na mesma data; e o CA Edu Chaves, em 15/11).

É fundada a 1ª Liga Santista de Futebol (América FC, CF Escolástica Rosa, CA Santista e Santos FC) e com isto realiza-se o 4º Campeonato Santista, vencido pelo Santos F.C.

Campanha do Santos FC
5x1 CFB Escolástica Rosa; 5x2 América FBC; 6x3 CA Santista; 5x0 CFB Escolástica Rosa; 7x1 América FBC; 7x0 CA Santista.
Resumo: 6 jogos; 6 vitórias; 35 gols marcados e 7 gols sofridos; saldo de 28 gols.

O Escolástica Rosa foi fundado por alunos da tradicional instituição de ensino de Santos. O CA Santista, de clube pujante, hoje sobrevive com dificuldades. O América, fundado pelos alunos do Ginásio Santista, fundiu-se com EC Docas de Santos, originando a A Docas de Santos (29/04/1921), que mais tarde mudou seu nome para AA Portuários de Santos (26/05/1932).

Neste ano o Santos inaugurou o 2º campo de sua história no bairro do Macuco, num amistoso contra o S.C. Internacional de São Paulo (conforme notícia publicada no “Diário de Santos”, mas aqui será uma nova história...), mas não há informações adicionais sobre essa partida (nem ao menos se ela de fato foi realizada)

1914 -

Com a fundação do A.A. São Bento (da Capital), o SC Americano que já havia perdido seus jogadores da categoria de base para o Santos FC (como Ary Patuska, que viajou para a Suíça quando era sócio do Americano, onde além de jogar na seleção Suíça foi bi-campeão do país pelo F.C. Bruhl e voltou para o Santos F.C.), perde agora os seus principais jogadores (que estudavam no Colégio São Bento e ingressaram no novo clube). Sem atletas, o SC Americano não pode disputar o campeonato seguinte.

Ocorre a primeira cisão no Santos F.C., e vários sócios deixam o clube para fundar a A.A. Americana (em 14/07/1914), que mais tarde teria um campo de futebol vizinho ao do Santos. Um de seus fundadores foi Raymundo Marques. Nessa ocasião, os ex-sócios do Santos FC, levaram a ata de fundação do clube, que nunca mais foi devolvida, sendo considerada desaparecida.

Fundação do Espanha FC, atual Jabaquara AC (o Leão do Macuco), em 15/11/1914. O Jabaquara AC, clube tradicional de Santos, participou de diversos Campeonatos Santistas e Paulistas. Chegou a ser vice-campeão Paulista em 1927 (LAF). Foi um dos fundadores da Federação Paulista de Futebol, e revelou diversos craques, entre eles o goleiro campeão Mundial na Suécia e Chile, Gilmar dos Santos Neves.

Fundação do Chantecler FC (em São Vicente, 18/08)
Fundação do SPR FC (Santos, 27/07)
Fundação do Atlas - Flamengo FC (Santos, 11/07)
Fundação do AA Aliança (Santos, 24/04)

1915 -

O SC Americano consegue formar um time, mas disputa apenas alguns amistosos.

O Santos F.C. ingressa na A.P.E.A. mas não disputa o torneio deste ano, licencia-se e volta a disputar o Campeonato Santista, com o nome de União FC. Sagra-se Bi-campeão santista invicto.
Campanha do União FC:
5x1 Chantecler FC (São Vicente); 5x1 CA Santista; 4x0 AA Americana; 3x0 Brasil FC; 5x1 SPR FC; 4x0 Chantecler FC (São Vicente); 4x0 CA Santista; 2x1 AA Americana; 2x1 Brasil FC; 8x0 SPR FC.
Campanha: 10 jogos; 10 vitórias; 42 gols marcados e 5 gols sofridos; saldo de 37 gols.

No Campeonato da Liga Santista foi usado o campo do Brasil FC, na Av. Conselheiro Nébias. Atualmente, o Brasil dedica-se aos esportes olímpicos. O SPR mudou seu nome para EC Bandeirante (anos 40). A AA Americana sobrevive apenas como clube social, enquanto que o Chantecler foi extinto.

Fundação do Itapema FC (Em 15/11, localizado no distrito de Vicente de Carvalho, no Guarujá) que mais tarde participaria dos campeonatos santistas promovidos pela ASEA

Fundação do Vera Cruz FC (Santos, 14/01)
Fundação do Síria FC (Santos, 01/05)
Fundação do CA Lusitano (01/07)
Tanto o Síria FC e o CA Lusitano, participaram de campeonatos santistas, até a década de 30

1916 -

Fundação do Libertário FC (01/01);
Fundação do São Bento FC (13/05)

Campeonato Santista: Campeão foi o Brasil FC, vencendo o SPR por 4x0.

O SC Americano, com ajuda da L.P.F., consegue formar um equipe de futebol, e volta a disputar o torneio, sagrando-se pela 5ª vez, Vice-campeão paulista. No entanto, ao final do ano, a Liga encerra as suas atividades e o clube, também é extinto.

Campanha do SC Americano:
1x1 Ítalo FC; 4x0 SC Germânia; 9x0 União Lapa FC; 2x0 Ruggerone FC; 0x1 SC Corinthians P; 1x1 Paysandu FC;

O Campeonato da Liga foi sendo esvaziado ao longo do Torneio. Nem todos os times fizeram o mesmo número de jogos e mal se completou um turno do campeonato. O total de participantes foi 14. O time considerado campeão (SC Corinthians P) realizou apenas 8 partidas; o SC Americano, 6 jogos (3 vitórias, 2 empates e 1 derrota; 17 gols marcados e 3 gols sofridops, com saldo positivo de 14 gols).

O Santos FC inaugura seu campo na Vila Belmiro, e participa pela 1ª vez, juntamente com a SS Palestra Itália, de um Campeonato Paulista da A.P.E.A.

Campanha do Santos FC
1x3 CA Paulistano; 3x3 CA Ypiranga; 2x6 AA Mackenzie C; 2x4 SS Palestra Itália; 2x1 CA Ypiranga; 3x4 AA São Bento; 2x0 AA Palmeiras; 1x5 AA Mackenzie C; 2x5 CA Paulistano; 4x0 AA Palmeiras; 1x0 SS Palestra Itália; (a partida contra a AA São Bento, no 1º turno não foi realizada)
Resumo: 11 partidas; 4 vitórias, 1 empate e 6 derrotas; 23 gols marcados e 31 gols sofridos; saldo negativo de 8 gols, quinto colocado.

A partida contra o CA Ypiranga, na inauguração da Vila Belmiro, seria o retorno dos jogos em Santos, válidos pelo Campeonato Paulista depois de oito anos!

Santos FC 2x1 CA Ypiranga
Data: 22/10
Local: Vila Belmiro
Competição: Campeonato Paulista
Público: 2.000
Árbitro: Hermann Friese
Gols: Millon e Jarbas (SFC) – Formiga (CAY)
SFC: Odorico; Américo e Arantes; Pereira, Oscar e Junqueira; Millon, Jarbas, Marba, Tedesco e Arnaldo Silveira.
CAY: Dionísio; Dário e Ferreira; Loschivo, Jacintho e Peres II; Hugo, Ary, Bororó, Peres e Formiga.

Com a inauguração da Vila Belmiro, encerramos esse histórico. A partir daqui uma nova fase se inicia no futebol santista, porém já é matéria para um novo texto.


Referências bibliográficas:

Almanaque do Futebol Paulista – 2001
Almanaque Thomaz Mazzoni - 1930
História do Futebol Brasileiro - 1950
O caminho da bola – (100 anos da FPF) - 2000
História do Futebol em São Paulo – 1918
Supremacia e Decadência do Futebol Paulista - 1925
Álbum de Ouro do Santos FC - 1965
http://www.novomilenio.inf.br/
www.giginarede.com.br
Arquivos de Guilherme Nascimento
Arquivos de Walmir Gonçalves
Agradecendo ao Alejandro pela imagens digitalizadas (77 fotos, entre 1912 e 1919) dos jornais "A Tribuna" e "Diário de Santos".


Adendo:

Lista dos Campeões de Santos

1903 – CA Internacional
1904 – CA Internacional
1905 – não definido
1913 – Santos FC
1914 -
1915 – União FC (Santos FC)
1916 – Brasil FC
1917 – CA Santista
1918 – Brasil FC
1919 – CA Santista
1920 – CA Santista
1921 – SPR FC
1922 – Brasil FC
1923 – AA Portuguesa
1924 – AA Portuguesa
1925 – AA Americana
1926 – AA Portuguesa
1927 – AA Portuguesa
1928 – Atlas - Flamengo FC
1929 – Santos FC
1930 – Espanha FC
1931 – AA Portuguesa
1932 – AA Portuguesa
1933 – AA Portuguesa
1934 – AA Portuguesa
1935 – SPR FC

Lista dos Campeões da LAF

1924 – SPR FC
1927 – Espanha FC
1928 – Brasil FC


Numa próxima postagem vou publicar alguns escudos dos times de Santos.